UNIVERSIDADE DA MADEIRA

GRUPO DE ASTRONOMIA


Sextas Astronómicas


Sexta-feira Astronómica - 16

Data: 01-05-2010

Assunto: O Dia Mundial da Astronomia

No dia 1 de Maio, pelas 20h00, o Ilídio já se encontrava à minha espera quando cheguei à porta da UMa. O Hildegardo chegou 5 minutos depois e, como já tínhamos o quórum da noite, fomos jantar ao restaurante do costume. Lá chegados pelas 20h20, foi durante uma hora e meia que jantámos e discutimos o tema da noite: "O Dia Mundial da Astronomia". A inspiração para o tema começou com uma notícia do Diário de Notícias regional, saída no dia 7 de Abril, que anunciava uma actividade da Associação de Astrónomos Amadores da Madeira para o dia seguinte (8) para o comemorar, já que era o Dia Mundial da Astronomia (ver, por ex., http://astronomiamadeira.net/). E, de facto, há mais sites a dar o mesmo dia como, por ex., o da reputada (nacionalmente) Associação FISUA (http://aia2009.wordpress.com/2009/04/08/dia-mundial-da-astronomia-8-de-abril/). No entanto, não ficámos convencidos. De facto, o problema começa com o nome. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, "Dia Mundial" é diferente de "Dia Internacional" (bem como "Ano Mundial" e "Ano Internacional"). De facto, o epíteto "Internacional" fica reservado a dias oficializados pela ONU, a máxima instituição mundial. Assim, consultando a lista dos dias ONU (por ex. em http://www.unac.org/en/news_events/un_days/international_Days.asp), não consta nenhum dia para a Astronomia. Assim, a questão agora é: Qual é, afinal, o dia Mundial da Astronomia e como está definido?

Para a poder responder, uma série de páginas (com mais ou menos credibilidade) foram estudadas com cuidado. Por exemplo, parece que no estrangeiro abundam os exemplos do dia ser a 24 de Abril e não a 8 de Abril de 2010: http://nikunjrawalastronomy.blogspot.com/2009/04/important-days-related-to-science.html (site de um astrónomo amador) - que ainda acrescenta a informação de em 2009 o dia ter sido a 2 de Maio; ou então da reputada British Science Association (com quase 200 anos!) em http://www.britishscienceassociation.org/web/ccaf/Clubs/Guide/Dates.htm. Agora já se menciona que depende da Lua e que pode ser em Abril ou Maio! Ainda, porque naquela página se menciona o dia mas não a data, para a perseguir não foi fácil porque o link no dia nos leva para a página da AstroLeague (outra associação com reputação mundial) em http://www.astroleague.org/al/astroday/astrofacts.html. Na barra do lado esquerdo há muito para explorar mas, curiosamente, nenhum evento relacionado com o dia mundial da astronomia está explicitamente indicado na agenda de Abril ou Maio. Mas o link para o "Astronomy Day" é precioso. Porque depois seguimos outro link "Astronomy Day Fact sheet" que é um bom resumo da ideia desse dia. Mas a confusão aumenta. De facto, surge uma tabela não com um, mas com dois dias mundiais da Astronomia! Um a 24 de Abril e o outro a… 16 de Outubro! (porquê?) - claramente isto é mesmo com cada um a escolher o que lhe apetece… Aparece uma ligação à Lua pois o Quarto Crescente é indicado a 21 de Abril (três dias antes do dia mundial). Mais relevante:
  1. o dia foi instituído pelo astrónomo amador Doug Berger em 1973, quando era presidente da Astronomical Association of Northern Califórnia;
  2. o objectivo desse dia era o de levar a Astronomia onde se encontravam as pessoas (e.g. centros comerciais);
  3. seria definido "entre o meio de Abril e o meio de Maio, num Sábado antes ou próximo do quarto crescente"
Assim, o dia 8 de Abril fica "morto" seja em que ano for. Mas 3) tem uma inconsistência, logo no próprio documento onde aparece: então como temos o quarto crescente a 21 e o dia mundial a 24? Se é "antes ou próximo" parece que o Sábado deveria ser o de 17 (antes) embora o de 24 esteja mais próximo. Mas como se define "próximo" (afinal, os dias começam às 0h00)? E o dia? Será em tempo universal ou tempo solar local (podem ter 12 horas de diferença!)? E o que prevalece afinal, é o "antes" ou o "próximo"? Por exemplo, a reputadíssima associação Astronomers without Borders (http://www.astronomerswithoutborders.org/index.php/projects/global-astronomy-month.html) não lista uma única actividade alusiva a um "Dia Mundial da Astronomia", embora Abril de 2010 seja intitulado "Global Astronomy Month". Por exemplo, "30 Nights of StarPeace" corre o mês todo por zona horárias e a Portugal (e à Madeira) calha o período de 13 a 15 de Abril (que não inclui o dia 8, mais uma vez) - ver http://www.astronomerswithoutborders.org/index.php/projects/global-astronomy-month/programs/global-programs/global-programs-types/111/254.html.

Mais confuso foi encontrar o artigo publicado por Orton et al. (1993): aqui menciona-se a participação de profissionais em 24-27 Abril de 1993 no "World Astronomy Day #2". Será que o número 1 foi em 1992? Parece que não, pela história da sua criação em 1973. Será que houve, então, um hiato de 20 anos entre a primeira edição e a segunda? Isto ainda parece mais improvável...

Uma aproximação à resolução de 3) acima parece estar em http://www.nexstarsite.com/_RAC/newsletters/newsmay03.htm (um clube japonês): mais uma vês Doug Berger é mencionado, bem como o ano de 1973 para o início do Dia da Astronomia (como é aqui chamado). Mas dá, para a sua data:

3) "finais de Abril ou início de Maio, num Sábado, com a Lua entre um "waxing" crescente e o quarto crescente"

Esta definição é muito mais exacta. Seria a original de Doug Berger? Ao contrário da versão acima de 3), que deixa muitas dúvidas, neste caso não há dúvidas: como em 2010 a Lua Nova foi no dia 14 de Abril e o quarto crescente no dia 21, o único Sábado entre ambos seria a 17 de Abril... Mas não foi este o que a maioria escolheu! Ainda quanto à fase da Lua "waxing", sem tradução para português, corresponde mesmo a um contínuo de sete dias; e não a um dia específico intermédio entre a Lua Nova e o Quarto Crescente. De facto, pela Wikipedia, essa poderia ser a ideia: http://en.wikipedia.org/wiki/Lunar_phase. Mas no google as imagens que aparecem são de várias percentagens de iluminação da Lua (e.g. http://www.google.com/search?q=waxing+crescent&rls=com.microsoft:pt:IE-SearchBox&ie=UTF-8&oe=UTF-8&sourceid=ie7&rlz=1I7ADBX_pt-BR). Parece, assim, generalizado que "waxing" corresponde a todo aquele período e não a um dia específico...

Assunto encerrado? Muito longe disso. Mas terminámos o jantar e fomos para o Laboratório, pois o céu estava encoberto. Aí, explorámos um pouco mais esta questão. A Sky and Telescope é sempre uma autoridade em tudo o que se relaciona com questões mais observacionais e ligadas a actividades de amadores. E foi mesmo aí que fizemos um pouco mais de ligação à história. Em http://www.skyandtelescope.com/resources/astronomyday/Astronomy_Day.html e também http://media.skyandtelescope.com/documents/AstroDayHbk2007.pdf (Handbook) temos mais uma menção à sua origem (Doug Berger, 1973), ao seu espalhamento por toda a América pela Astronomical League e, mesmo, mais uma definição para:

3) "o Dia da Astronomia tem sido tradicionalmente comemorado entre o meio de Abril e o meio de Maio, num Sábado que é o mais próximo para o Quarto Crescente"

E pronto. "Tradicionalmente" é a palavra-chave. Parece, assim, que é mesmo com cada qual a sua escolha. E, assim, tanto 17 como 21 de Abril este ano parecem apropriados. Mas nunca 8 de Abril, que nem sequer chega a meio do mês, como todas as definições de 3) encontradas implicam...

O resto do tempo no Laboratório foi passado a retirar o espelho do Mizar, uma vez que um dos parafusos de colimação tinha saltado com a pintura. Depois de o tentar limpar com um jacto de água, reparámos que era mesmo melhor desmontá-lo todo até ao "blank" e assim foi. Ficou tudo a secar para depois se re-pratear a superfície pois, realmente, já não há muito mais a fazer... (Ver fotos)

Testes à Astrovid
Figura 1 - Espelho do telescópio Mizar.


Testes à Astrovid
Figura 2 - Espelho do telescópio Mizar.


Pelas 23h50 fomo-nos embora e, chegando cá fora, reparámos que já víamos estrelas em quase todo o céu (a excepção era o terço a norte, onde deveriam existir nuvens). No entanto, dava a ideia de existir nebulosidade ténue. Assim, decidimos dispersar...

Pedro Augusto


Referências:

Orton et al. (1993), Bulletin of the American Astronomical Society, 25th Anuual DPS Meeting, p.1035 (03.01)


> © 2010 Grupo de Astronomia da Universidade da Madeira
Sextas Astronómicas
Grupo de Astronomia