Logo Projecto Biopolis Logo CQM
Sobre Lista Plantas Pesquisa Avançada




Informações sobre a planta
Nome Científico Lobelia inflata (L.)
Sinónimos
Família CAMPANULACEAE
Nome Comum Lobélia, tabaco-indiano
Partes Estudadas Planta florida, privada das raízes.
Bioactividade Analéptica, Broncodilatadora, Expectorante, Simpaticomimética
Etnofarmacologia Asma, bronquite crónica, efisema, insuficiência respiratória como antídoto em intoxicação por opiáceos. Pelo seu efeito ganglioplégico semelhante à nicotina, utilizou-se na desabituação do tabaco.
Descrição Botânica Planta herbácea, erecta, ramos até 75 cm de altura a partir das raízes fibrosas, resistêntes, com seiva. Folhas alternadas, sésseis ou com pecíolos curtos, espatuladas em baixo tornando-se lanceoladas a oblongas na extermidade, pubescentes, irregularmente crenadas-serradas, tipicamente agudas, 7 cm de comprimento por 3 cm de largura, menores em cima nas inflorescências; Inflorescências de arranjo racemoso, terminal e axilar, de flores únicas axilares. Pedúnculos até 3 mm, puberulentos, alongando nos frutos até 6 mm. Flores com coroa esbranquiçada a tingidas de azul, com 7 mm, 5 lóbulos, glabras; cálice com 2.1 mm, verde, glabro, 10 nervoras, 5 lóbulos. Frutos, cápsula insuflavél, 8 mm cumprimento, 5-6 mm largura, muitas sementes.
Toxicidade Tóxica (se ingerida grande quantidade, contém alcalóides lobelamina e lobelina)
Abundância Comum
Distribuição Geográfica Centro e Leste do Continente norte-americano, cultivada nos estados de Nova-Iorque e de Massachusetts, Madeira.
Origem USA, Carolina do Norte.

Compostos Químicos
CAS Nome
110-89-4 Piperidina


Referências Bibliográficas
Artigo DOI
A. Proença da Cunha, Alda Pereira da Silva, Odete Rodrigues Roque; 25 Outubro 2002; PLANTAS e PRODUTOS VEGETAIS em FITOTERAPIA; Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa. 972-31-1010-5

Fotos

Ainda não existem imagens associadas à planta.



©2007 • Centro de Química da Madeira • Universidade da Madeira