Um blog com partilhas diversas…

Archive for Maio 10th, 2007

García Márquez

Quinta-feira, Maio 10th, 2007

Passemos à leitura. Recomendo García Márquez, Crónica de uma morte anunciada. A morte de Santiago Nasar é certa e garantida pelo título do livro, mas também é garantido o interesse do leitor até às últimas páginas. Impressiona como foi possível escrever uma narrativa tão cativante à volta de um crime tão banal.

Deixo-vos um excerto:

“Os irmãos Vicario entraram às 4.10. A essa hora só se vendiam petiscos, mas Clotilde Armenta vendeu-lhes uma garrafa de aguardente de cana, não só pela estima que tinha por eles, mas também porque estava agradecidíssima pelo bocado de bolo que lhe tinham mandado. Beberam a garrafa inteira em duas grandes goladas, mas continuaram como se nada fosse. «Estavam pasmos», disse-me Clotilde Armenta, «e já não iam lá nem com uma medida de petróleo pelos gorgomilos.» Despiram então os casacos, dependuraram-nos com todo o cuidado nas costas das cadeiras, e pediram outra garrafa. Tinham a camisa suja de suor seco e uma barba de dois dias que lhes dava um ar montês. A segunda garrafa beberam-na mais devagar, sentados, olhando com insistência para a casa de Plácida Linero, no passeio oposto, com as janelas sem luz. A maior varanda era a d o quarto de Santiago Nasar. Pedro Vicario perguntou a Clotilde Armenta se tinha visto luz nessa janela, e ela disse que não, mas pareceu-lhe uma curiosidade estranha.

- Sucedeu-lhe alguma coisa? – perguntou.

- Nada – respondeu Pedro Vicario.

– Nós é que andamos à procura dele para matá-lo.”