Archive for February, 2007

«O gajo do apito»

Tuesday, February 27th, 2007

arbitro.jpg

Estava o dr. Jardim no Porto Moniz. Uma inauguração. O discurso alinha-se igual a tantos outros. Mas o lider do PSD adapta-o ao local, à audiência.

Foi isso que aconteceu.

A páginas tantas, e cito de memória, diz que a culpa desta trapalhada toda é de quem votou Sócrates e, pasme-se, «no árbitro, o gajo do apito».

Gera-se a confusão. Para os jornalistas não residentes na Madeira, «o árbitro, o gajo do apito», neste contexto - recorde-se que Sócrates produziu a Lei de Finanças Regionais e Cavaco Silva promulgou - «o árbitro» só poderia ser um: o Presidente da República.

Para quem desconhecia as referências regionais, Jardim acabara de «atacar», finalmente, o senhor de Belém agravando, assim, o conflito institucional em vésperas de reunir o Conselho de Estado.

Mas logo ali foram tiradas as dúvidas por aqueles que, dentro da semiologia jardinista, conseguem descodificar a mensagem.

O dr. Jardim não estava a referir-se a Cavaco Silva, até porque chamar «gajo do apito» ao PR seria o máximo da ofensa, pois claro (até um dia). O dr. Jardim referia-se, sim, ao homem do PS do Porto Moniz que, por acaso, foi ou é árbitro de futebol.

Um problema de comunicação…engraçado.

Lília Bernardes

O Governo dá-te asas!

Tuesday, February 27th, 2007

 Aeroporto Internacional da Madeira

A reunião prevista para esta 2ª feira entre o Governo central e as companhias aéreas com interesse na Madeira, parece ter corrido da melhor maneira.
Confirma-se a intenção de criar um novo modelo de transporte aéreo entre a Madeira e o continente, ou seja, o Governo deixa de contribuir com base numa percentagem da tarifa aérea e passa a ser um valor fixo pago directamente ao passageiro residente na Madeira. Só irá proporcionar o surgimento da verdadeira concorrência, que há tantos anos os madeirenses anseiam, e a liberalização do sector, que durante décadas esteve amarrado ao pseudo serviço público.

A easyJet, uma das maiores low cost da Europa, já reagiu e demonstrou interesse na rota Lisboa-Funchal.

Esperemos por mais desenvolvimentos.

Mais informações:
http://www.presstur.com/site/news.asp?news=9396

- Roberto Xavier -

Aqui está a explicação…

Monday, February 26th, 2007

spelling.jpg

Olha quem fala agora!

Sunday, February 25th, 2007

blabla.jpg 

“Poderia indignar-me. Mas é-me indiferente. Tanto me faz o que aconteça à Madeira. Se se afunda em dívidas, se conquista a independência, se declara Jardim rei Momo vitalício. Desde que não continue a estourar o dinheiro que faz falta às regiões mais pobres do país, a Madeira é um problema dos madeirenses”.

É um excerto da crónica semanal de Daniel Oliveira, dirigente do Bloco de Esquerda e jornalista (?), que tem espaço na última edição do Expresso.
A “perseguição” do Bloco de Esquerda à Madeira já é mais do que conhecida. A Madeira há muito foi escolhida como uma das bandeiras deste partido de retalhos.

Daniel Oliveira, filho do grande poeta madeirense Herberto Hélder, não consegue ter o mínimo de discernimento nas suas palavras. Serão recalcamentos? Ou será necessário assumir determinadas figuras para garantir um espaço numa página de jornal ou num programa de televisão? É que ser sempre do contra e ter mau aspecto já não é moda.

Daniel, para que fique mais reconfortado os madeirenses também não querem saber nada do que esteja relacionado consigo. Até arrisco dizer que 95% dos madeirenses nunca ouviu falar de si.

- Roberto Xavier -

Newseum – Museu Interactivo das Notícias

Friday, February 23rd, 2007


 newseum.jpg

As primeiras páginas dos jornais de todo o mundo num só site

http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/ 

Roberto Xavier

Solidariedade financeira

Tuesday, February 20th, 2007

ajj_1.jpg

No dia que Alberto João Jardim anunciou a sua demissão e a consequente dissolução da Assembleia Legislativa Regional, para fazer face ao “garrote financeiro” de Sócrates, foram também divulgados dados pelo Eurostat referentes a 2004. Conforme este gabinete europeu, a Madeira apresenta um PIB de 16.598 euros por habitante, o que se traduz no 2º lugar da pole position portuguesa, logo a seguir a Lisboa (19.317 euros).
Pelos vistos o executivo madeirense (demissionário) está em crise mas o povo não. Vá lá povo, ajudem!

Roberto Xavier

PS: A exoneração de Alberto João Jardim e a sua recandidatura estão previstas na Constituição Portuguesa. Acalmem-se.

Concentração não !

Tuesday, February 13th, 2007

olho.jpg

O Comitê de Ministros do Conselho da Europa volta a alertar para os perigos da concentração dos media. O primeiro de cinco pontos da declaração aprovada há duas semanas alerta para a necessidade de efectiva separação entre quem exerce o controlo dos media e quem detém autoridade política.   A transparência na propriedade e a importância de mecanismos de regulação para monitorizar este mercado são igualmente referenciados.

Para o Conselho da Europa é relevante acautelar a diversidade de conteúdos e a recuperação do serviço público de rádio e televisão a quem é  cometido um conjunto de obrigações e esforços no sentido de se adequar à sociedade de informação.

http://www.jornalistas.online.pt/noticia.asp?id=5458&idCanal=500

Roquelino Ornelas

Chamem as coisas pelos nomes!

Saturday, February 10th, 2007

aborto.jpg

A pergunta do referendo de 1998 e que se repetirá amanhã é a seguinte:

«Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas 10 primeiras semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?»

Sem qualquer pretensão de querer influenciar ou de marcar a minha posição, visto considerar que este assunto é supra-partidário e supra-religioso e não se trata de escolher entre uma camisola verde e uma vermelha, há que ter consciência da pergunta que nos será novamente colocada neste referendo.

Até agora o aborto em estabelecimentos autorizados e não autorizados é punível legalmente. Se forem realizados abortos até às 10 semanas em “estabelecimento de saúde legalmente autorizado” estamos não apenas a despenalizar a mulher mas também a abrir portas para a liberalização do aborto. Ou seja, aquando a gravidez é dada a possibilidade à mulher de continuá-la ou interrompe-la, e se esta for a opção que não seja penalizada.

Não vou afirmar se estou a favor ou contra a liberalização, apenas critico a modo como os portugueses são enganados pela retórica política.

Roberto Xavier

«Alerta laranja»

Saturday, February 10th, 2007

Estava eu, quinta-feira, em trabalho. A comissão política do PSD/Madeira acabara em fogo de artifício. Tanto suspense para nada. A Lei de Finanças Regionais fora promulgada por Cavaco Silva tal como toda a gente previa. Aliás, o grupo parlamentar do PSD na Assembleia da República - Marques Mendes ainda não resolveu o complexo de Édipo em relação ao pai - foi um querido para o Presidente da República ao fazer o “favor” de enviar previamente o diploma ao Tribunal Constitucional antes da AR remetê-lo para Belém.

Mas estava eu, dizia, num final de noite, depois de um dia cansativo que terminou com a ”tirada” shakesperiana do dr. Jardim produzida uma hora antes do encontro dos «deuses no castelo», obrigando-me a reler o II acto da tragédia Romeu e Julieta, eis senão quando ouço na rádio que a Protecção Civil acabara da lançar um «alerta laranja» para a Madeira. Mau tempo, adivinhava-se. Afinal, foi fogo de artifício. Não me digam que a Comissão Política do PSD/M está cada vez mais próxima da previsões meteorológicas.

Lilia Bernardes

Chakra-path Garajau

Wednesday, February 7th, 2007

cristorei.jpg

Poderia ser o nome exótico de um hotel com vista sobre a Capital a poente e a Atalaia a nascente. Pela frente; o mar aberto. Poderia ser mas não é.

O lugar onde há oitenta anos se implantou o monumento ao Cristo Rei é uma raridade no mundo. Um engenheiro austríaco de seu nome Christian Galko,  especialista em radioestesia estudou a área e concluiu que o espaço é uma área especial para a inspiração e a reflexão.

O estudo que será apresentado à comunidade ciêntifica foi referenciado na segunda-feira, dia 5, numa conferência onde se ficou também a saber que a Câmara de Santa Cruz vai investir no local. Assim, dentro de pouco tempo teremos por alí uns a namorar, outros a rezar o terço e outros ainda a alimentar os chakras.

Sei agora que os chakras são os pontos mais próximos da superfície do corpo humano por onde passam as rotas energéticas que nos alimentam física e espiritualmente. A Ponta do Garajau é o lugar ideal para receber da natureza as energias essenciais que alimentam os sete chakras de cada um. Coisa rara no mundo.

Ao santuário cristão junta-se agora esta qualidade que estou certo atrairá muita gente. O que se ganha com tudo isto? Redobrado empenho autarquico na conservação e limpeza deste bonito lugar e a garantia que são afastados apetites imobiliários. Estou certo?

Para
mais informação:
http://www.jornaldamadeira.pt/not2005.php?Seccao=14&id=59575

Roquelino Ornelas