Untitled Document
Subscreva a nossa mailing list e seja o primeiro a receber informações sobre as nossas iniciativas: clique aqui.
 
 
 
 
 
 

AVALIAÇÃO DOS RECURSOS FITOGENÉTICOS

 

A valorização dos recursos biológicos agrícolas regionais constitui a forma ideal de proceder à sua conservação e preservação através da sua utilização. O ISOPlexis atribui grande importância à avaliação dos recursos biológicos, com o objectivo de promover a sua valorização.
Esta valorização permite inovar nos usos e aplicações dos recursos biológicos regionais, criando valor acrescentado e contribuindo para o desenvolvimento regional sustentado. No ISOPlexis, a avaliação do germoplasma para efeitos de valorização dos recursos biológicos, envolve a:

  • Avaliação nutricional do germoplasma e recursos biológicos, em relação à composição bioquímica, antioxidantes, anti-nutrientes, ou outros parâmetros de interesse para efeitos de valorização;
  • Avaliação agronómica do germoplasma e das variedades vegetais, em relação à produtividade, resistências, ou outros parâmetros de interesse para efeitos de valorização;
  • Selecção ou melhoramento de variedades para efeitos de registo de direitos de obtentor.

A avaliação nutritiva, em simultâneo com a modelação do comportamento produtivo do germoplasma permite a valorização das cultivares regionais. Os dados obtidos permitem compilar informação específica que poderá ser utilizada nos processos de registo nacional e europeu de variedades vegetais. A investigação efectuada permite o desenvolvimento de novas aplicações para os recursos biológicos e de novos produtos agro-alimentares.
Estes estudos pressupõem o uso de modernas técnicas laboratoriais, entre as quais de biologia molecular, electroforese 1D e 2D, NIR, etc. O ISOPlexis utiliza as mais modernas metodologias de separação electroforética e análise do polimorfismo proteico, com recurso ao Experion Pro260.
Actualmente, nesta área de investigação o ISOPlexis pode cooperar com potenciais parceiros e interessados nos seguintes trabalhos:

  • Avaliação nutricional e anti-nutricional do germoplasma;
  • Avaliação tecnológica do germoplasma;
  • Avaliação e ensaios agronómicos do germoplasma e de variedades;
  • Melhoramento e selecção de novas variedades vegetais