Untitled Document
Subscreva a nossa mailing list e seja o primeiro a receber informações sobre as nossas iniciativas: clique aqui.
 
 
 
 
 
 

Rede Internacional de Investigação em Aróides Comestíveis (INEA)

 

A INEA, rede internacional de investigação em aróides comestíveis é um consórcio mundial de cientistas e produtores, o qual foi formado para facilitar o programa de investigação em curso no âmbito do projeto intitulado: Europe Aid/128-500/C/ACT/TPS. Adaptação de culturas propagada vegetativamente às mudanças climáticas e comerciais.

http://www.ediblearoids.org

Este projecto tem uma duração de 5 anos, e um financiamento de 6 milhões de euros, sendo financiado a 50% pela União Europeia, e têm por objectivo usar o inhame e a taioba, aróides comestíveis, espécies agrícolas tropicais de propagação clonal, com intresse agronómico em diversas regiões mundiais, para promover um modelo de adaptação destas culturas às novas condições climáticas e comerciais. Estas espécies agrícolas de propagação vegetativa estão mais vulneráveis ao impacto destas alterações, pois raramente se propagam de forma sexuada, formando flor e produzindo sementes.

Para além disso, a diversidade dos recursos genéticos destas culturas é baixa e correm o risco de erosão genética. Para obter cultivares adaptadas às novas condições climáticas (alteração das condições agroecológicas, pragas e doenças) e às necessidades do mercado, torna-se necessário ampliar a base genética das culturas, o que espera alcançar, através da cooperação entre os países parceiros, o uso das biotecnologias, e desenvolvimento de uma rede de troca de informações e de germoplasma (recursos genéticos) sob os auspícios de tratados internacionais.

Os países parceiros são Burkina Faso, Costa Rica, Cuba, França, Alemanha, Gana, Índia, Indonésia, Quênia, Madagascar, Nicarágua, Nigéria, Filipinas, Papua Nova Guiné, Portugal, Samoa, Eslovênia, África do Sul, Trinidad e Tobago e Vanuatu. O Bioversita Internacional, Itália, e do Instituto Internacional de Agricultura Tropical, na Nigéria são parceiros associados desta rede. .

 
Visite a página do INEA aqui.