Página Inicial

 

130. Sousa, J. M. (2020). Artes no Currículo: Expressão ou Educação?  In A. C. Duarte & N. Cristóvão (Org.). Educação, Artes, Cultura. Discursos e Práticas (pp. 83-92). Funchal: CIE-UMa. http://hdl.handle.net/10400.13/2805 (ISBN 978-989-54390-3-4).

129. Sousa, J. M. (2020). A formação do Professor como Pessoa. Reflexões que transformam e inspiram, nº. 1, maio-2020. Laboratório de práticas, estudos e pesquisas em formação de professores. Universidade e escolas de educação básica. LACONEX@O/UFPB. https://laconexao.net.br/2020/05/11/reflexo-pedagogica/ (ISBN 978-65-00-02920-8).

128. Sousa, J. M. (2020). Admirável Mundo Pós-moderno: que futuro para a educação? Revista Cocar, Edição especial nº 8, pp. 333-346 (ISSN: 2237-0315).

127. Sousa, J. M. (2019). A regulação da Profissionalidade Docente em andamentos. In N. Fraga (Org.). O Professor do Século XXI em Perspetiva Comparada: Transformações e Desafios para a construção de sociedades sustentáveis (pp. 70-84). Funchal: CIE-UMa. (ISBN (versão eletrónica): 978-989- 54390-2-7).

126. Sousa, J. M. (2019). Aiming at an Emancipatory Curriculum. Education Journal. Vol. 8, No. 3, pp. 89-96. doi: 10.11648/j.edu.20190803.11 (ISSN: 2327-2600 (Print); ISSN: 2327-2619 (Online))

125. Sousa, J. M. (2019). (Re)thinking Education out of the box. 2018 4th International Conference on Universal Village (UV). Boston: MIT. In https://ieeexplore.ieee.org/stamp/stamp.jsp?tp=&arnumber=8709305  doi:10.1109/UV.2018.8709305

124. Sousa, J. M. (2019). Currículo, Inovação e Flexibilização na perspetiva académica. In J. C. Morgado et al (Orgs.). Currículo, Inovação e Flexibilização (pp. 73-81). Santo Tirso: De Facto Editores. (ISBN: 978-989-8557-94-0).                      

123. Cavalcanti, R., Jófili, Z., & Sousa, J. M. (2018). Círculo de cultura na classe multisseriada. In Z. Jófili & F. Gomes (Orgs.). Diálogos com Paulo Freire… É tempo de quefazer (pp. 271-293). Recife: EDUFPE – Editora da Universidade Federal de Pernambuco. (ISBN: 978-85-7946-307-5).

122. Sousa, J. M. (2018). Currículo e Cidadania. In L. Rodrigues & N. Fraga (Orgs.). Europa, Educação, Cidadania (pp. 87-96). Funchal: CIE-UMa. (ISBN: 978-989-54390-0-3).

121. Sousa, J. M. (2018). Apresentação. In Roberto Sidnei Macedo. Pesquisa Contrastiva: da crítica à razão comparativa ao método contrário às ciências sociais e educação (pp. 09-14). Salvador: EDUFBA - Editora da Universidade Federal da Bahia. (ISBN: 978852321787-7).

120. Sousa, J. M. (2018). Uma Escola que se esgotou. Revista Mátria Digital, nº 6 (825-839). at http://matriadigital.cm-santarem.pt (ISSN: 2183-1467).

119. Sousa, J. M. (2018). Escola Superior de Educação da Madeira. In J. E. Franco (dir.). Grande Dicionário Enciclopédico da Madeira. at http://aprenderamadeira.net/escola-superior-de-educacao-da-madeira/

118. Sousa, J. M. (2018). Escola em sofrimento? In H. Lopes et al (Orgs.). Didática da Educação Física: Perspetivas, interrogações e alternativas (pp. 08-17). Funchal: Universidade da Madeira. (ISBN: 978-989-8805-23-2).

117. Sousa, J. M. (2018). Currículo, Fronteiras e Migrações. In J. C. Morgado et al (Orgs.). Currículo, Formação e Internacionalização: Desafios Contemporâneos (pp. 41-51). Braga: CIEd, Instituto de Educação, Universidade do Minho. (ISBN: 978-989-8525-57-4)

116. Sousa, J. M. (2018). O Impacto do Doutoramento de Caen. In D. Oliveira (Org.). Construindo investigação em Ciências da Educação. Os doutoramentos portugueses com Louis Marmoz (pp. 99-118). Lisboa: EDUCA - Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. (ISBN: 978-989-8272-28-7)

115. Sousa, J. M. (2017). Knowledge and Curriculum Boundaries? European Journal of Curriculum Studies, Vol 4 (2), pp. 644-655, (ISSN: 2182-7168).  CAPES/QUALIS (Category: Education|Classification: B3).

114. Leite, A. & Sousa, J. M. (2017). A prática pedagógica indígena como perspectiva de inovação. In Anais do Encontro Internacional Trabalho e Perspetiva de Formação de Trabalhadores (1469-1482). Fortaleza:  LABOR/UFC - Núcleo de Pesquisa em Educação Profissional - NUPEP/IFCE, Universidade Federal do Ceará. (ISSN: 2448-4210).

113. Almada, C. & Sousa, J. M. (2017). Revoluções, Paradigmas e Inovação Pedagógica: provocações para um debate contemporâneo. In Anais do Encontro Internacional Trabalho e Perspetiva de Formação de Trabalhadores (1713-1724). Fortaleza:  LABOR/UFC - Núcleo de Pesquisa em Educação Profissional - NUPEP/IFCE, Universidade Federal do Ceará. (ISSN: 1713-1724).

112. Sousa, J. M. (2017). Prefácio. In Rudimar Constâncio. Teatro de Cultura Popular: uma prática teatral como inovação pedagógica e cultural no Recife (1960-1964) (pp. 22-25). Recife: CEPE, Companhia Editora de Pernambuco (ISBN: 978-85-7858-524-2).

111. Sousa, J. M. (Orgs.). (2017). Educação e Democracia: Utopia por realizar? In C. N. Fino & J. M. Sousa. (Contra)Tempos de Educação e Democracia, Evocando John Dewey (pp. 07-20). Funchal: CIE-UMa. (ISBN: 978-989-95857-8-2)

110. Fino, C. N. & Sousa, J. M. (Orgs.). (2017). (Contra)Tempos de Educação e Democracia, Evocando John Dewey. Funchal: CIE-UMa. (ISBN: 978-989-95857-8-2).

109. Sousa, J. M. (2017). Discutindo conceitos em torno do Currículo. Revista Tempos e Espaços em Educação, vol. 10 (23), set./dez. ISSN: 1983-6597 (versão impressa); 2358-1425 (versão online). doi:10.20952/revtee.2016vl9iss17pp 15-25. Global Impact Factor GIF: 0,787.

108. Sousa, J. M. (2017). Um olhar etnográfico sobre o Currículo. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 13, n. 25, p. 18-35, maio/ago. 2017. ISSN: 1809-0249. eISSN: 2178-2679. LCCN: 2013240280. Indexada em: Periódicos CAPES/MEC; DOAJ Directory of Open Access Journals Free; Diadorim; REDIB; LATINDEX: Clasificación Decimal Universal: 37.

107. Oliveira, A., Sousa, J. M. & Fino, C. N. (2017). Portugal. in Döbert, Hans; Hörner, Wolfgang; Kopp, Botho von; Reuter, Lutz R  (Hrsg.). Die Bildungssysteme Europas (pp. 582-596). Baltmannsweiler: Schneider Verlag Hohengehren (ISBN 978-3-8340-1705-5).

106. Fino, C. N. & Sousa, J. M. (2017). A avaliação dos cursos em ciências da educação de uma universidade da ultraperiferia: o caso da Universidade da Madeira. In Gomes, C. A., Figueiredo, M., Ramalho, H., & Rocha, J. (Coords.). XIII SPCE: fronteiras, diálogos e transições na educação (pp. 1741-1750). Viseu: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Educação. ISBN: 978-989-96261-6-4

105. Sousa, J. M. (2017). A relação de poder entre o Currículo e a Didática. O caso da Universidade da Madeira. In F. Gouveia & G. Pereira (Orgs.). Didática e Matética (pp. 73-90). Funchal: CIE-UMa. (ISBN: 978-989-95857-8-2)

104. Sousa, J. M. (Org.). (2016). Revista Tempos e Espaços em Educação. Número Temático: Currículo, Ortodoxia e Transgressão. Universidade Federal de Sergipe. ISSN: 1983-6597. Global Impact factor 0.787.

103. Sousa, J. M. (2016). Currículo em tempo de mestiçagem. In Revista Estudos Curriculares, 7 (1), 14-24. ISSN: 1645-751X.

102. Sousa, J. M. (2016). Scenario Planning and the teacher's future role. In Asian Journal of Management Sciences & Education (AJMSE), vol. 5 (3) July 2016, 12-21. ISSN: 2186-8441 (versão impressa); 2186-845X (versão online). Index Copernicus ICV: 76,24; SDV: 7,34; Global Impact Factor GIF: 0,765; Scientific Journal Impact Factor SJIF: under evaluation.

101. Sousa, J. M. (2016). Apresentação: Currículo, Ortodoxia e Transgressão. In Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, Sergipe, Brasil, v. 9, n. 18, p. 11-12, jan./abr. ISSN: 1983-6597 (versão impressa); 2358-1425 (versão online). doi:10.20952/revtee.2016vl9iss17pp 11-12. Global Impact Factor GIF: 0,787.

100. Sousa, J. M. (2016). Repensar o Currículo como emancipador. In Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, Sergipe, Brasil, v. 9, n. 18, p. 111-120, jan./abr. ISSN: 1983-6597 (versão impressa); 2358-1425 (versão online). doi:10.20952/revtee.2016vl9iss17pp 111-120. Global Impact Factor GIF: 0,787.

99. Sousa, J. M. (2016). Curriculum and Didactics: a matter of power. The case of the University of Madeira. European Journal of Curriculum Studies, Vol. 02 (02), 282-296 (ISSN: 2182-7168).

98. Sousa, J. M. (2015, Out.) As duas faces da Educação Neoliberal. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

97. Sousa, J. M. (2015, Nov.) Coesão Social na Educação: dois possíveis cenários. Funchal Notícias. http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

96. Sousa, J. M. (2015). O currículo e a identidade cultural. In J. C. Morgado, G. L. Mendes, A. F. Moreira & J. A. Pacheco (Ed.), Currículo, internacionalização e cosmopolitismo  (Vol. 1, pp. 171 -178), Santo Tirso: De Facto Editores.

95. Sousa, J. M. (2015, Set.) Refugiados: o grande dilema. Refugees: the great dilemma. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

94. Sousa, J. M. (2015). O percurso do CIE-UMa. In A. V. Bento & N. Fraga (Orgs.). Atas do 1.º Encontro de Alunos Investigadores de Ciências da Educação do CIE-UMa (pp. 03-10). Funchal: CIE-UMa (ISBN: 978-989-95857-7-5).

93. Sousa, J. M. (2015, Jul.) Ideologia e Europa. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

92. Sousa, J. M. (2015, Ago.) Os bons e os maus. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa 

91. Sousa, J. M., Fernandes, J. S., Fernando, A. C., & Lopes, H. (2015). A Resposta de Jesus Maria Sousa, José Sílvio Fernandes, Ana Catarina Fernando, Helder Arsénio Lopes. In SNESUP (Coord.). Pensar a avaliação do ensino superior. Propostas para um debate indispensável. Resposta às Críticas: Continuação da Controvérsia (pp. 205-214). Porto: Vida Económica Editorial, SA. (ISBN: 978-989-768-163-9).

90. Sousa, J. M., Fernandes, J. S., Fernando, A. C., & Lopes, H. (2015). O comentário de Jesus Maria Sousa, José Sílvio Fernandes, Ana Catarina Fernando, Helder Arsénio Lopes. In SNESUP (Coord.). Pensar a avaliação do ensino superior. Propostas para um debate indispensável. Crítica às Outras Posições: A Controvérsia (pp. 155-168). Porto: Vida Económica Editorial, SA. (ISBN: 978-989-768-163-9).

89. Sousa, J. M., Fernandes, J. S., Fernando, A. C., & Lopes, H. (2015). Pensar a avaliação do ensino superior. In SNESUP (Coord.). Pensar a avaliação do ensino superior. Propostas para um debate indispensável. Uma Primeira Análise sobre a Avaliação do Ensino Superior: Abrindo o Debate (pp. 69-93). Porto: Vida Económica Editorial, SA. (ISBN: 978-989-768-163-9).

88. Sousa, J. M. (2015, Mai.) Educar no passado. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

87. Sousa, J. M. (2015, Jun.) Os milhões do “Madeira 14-20”. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

86. Sousa, J. M. (2015). O que resta da investigação em educação em Portugal? In N. S. Fraga & A. F. Kot-Kotecki (Orgs.). A Escola Restante (pp. 146-172). Funchal: CIE-UMa. (ISBN: 978-989-95857-6-8).

85. Sousa, J. M. (2015, Abr.) Educação e Cultura. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

84. Sousa, J. M. (2015, Mar.) Mais anos na escola? Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

83. Sousa, J. M. (2015, Fev.) Uma pergunta impertinente. Funchal Notícias http://funchalnoticias.net/page/2/?s=Jesus+Maria+Sousa

82. Sousa, J. M. (2014). Estudos curriculares. Refletir ou Agir? O impacto dos estudos curriculares na investigação e na construção de uma ação interdisciplinar. In M. J. Carvalho (Coord.). Atas do XII Congresso da SPCE. Espaços de investigação, reflexão e ação interdisciplinar (pp. 1184-1191). Vila Real: UTAD. (ISBN: 978-989-704-188-4).

 81. Sousa, J. M. & Fino, C. N. (2014). O pecado original do currículo. In M. J. CARVALHO (Coord.). Atas do XII Congresso da SPCE. Espaços de investigação, reflexão e ação interdisciplinar (pp. 1267-1191). Vila Real: UTAD. (ISBN: 978-989-704-188-4).

80. Sousa, J. M. & Kot-Kotecki , A. F. (2014). Que avaliação na educação de infância? Revista Interacções, 10 (32), 40-53. (ISSN: 1646-2335).

79. Hörner, W. et al (2014). Teacher Education in Portugal. Original work for Leherbildung in Frankreich, Italien, Spanien und Portugal. In H. Dobert, B. von Knopp, & WEeishaupt (Hrsg.). Innovative Ansatze der Leherbildung im Ausland (pp. 167-178). Munster und Berlin: Waxmann. (ISBN: 978-8309-3102-7).

78. Sousa, J. M. (2014). Estado Mínimo-Escola Mínima: Como fica o Currículo? In F. Correia (Org.). Estado Mínimo. Escola Mínima (pp. 09-21). Funchal: CIE-UMa. (ISBN: 978-989-95857-5-1).

77. Sousa, J. M. (2014). Avaliação Curricular e Paradigmas. Revista Tempos e Espaços em Educação, 11, 09-16. (ISNN 2358-1425).

76. Sousa, J. M. (2014). Post Modernity and Creation of Knowledge. Journal of Modern Education Review, 4 (3), 190-199. (ISSN 2155-7993, USA). Doi: 10.15341/jmer(2155-7993)/03.04.2014/005).

75. Sousa, J. M. (2014). A Pré-História da UMa. JA (Revista da Associação Académica da Universidade da Madeira, 74 (34-37).

74. Sousa, J. M. (2013). Que Professor no Futuro? A Técnica de Scenario Planning. In A. Mendonça (Org.). O Futuro da Escola Pública (pp 9-20). Funchal: Universidade da Madeira - CIE-UMa. (ISBN: 978-989-97490-4-7).

73. Sousa, J. M. (2013). The ethnography of education as a new path for curriculum studies. Proceedings of the European Conference on Curriculum Studies – Future Directions: Uncertainty and Possibility. Braga: Universidade do Minho (Edição CD-ROM). (ISBN: 978-989-8525-25-3).

72. Sousa, J. M. (2013). Curriculum Studies in Europe: Future Directions. Proceedings of the European Conference on Curriculum Studies - Future Directions: Uncertainty and Possibility. Braga: Universidade do Minho Minho (Edição CD-ROM). (ISBN: 978-989-8525-25-3).

71. Sousa, J. M. (2013). Professor de outrora e professor de agora. Rumo à profissionalidade docente. ELO, Revista do Centro de Formação Francisco de Holanda, 20, 125-135. (ISSN 972-96465).

70. Sousa, J. M. (2013). Currículo como terra de ninguém. Questões Contemporâneas de Educação. Newsletter SPCE, 3, 1-4.

69. Sousa. J. M. (2012). Currículo-como-vida. In M. A. Paraíso, R. A. Vilela & S. R. Sales (Orgs.). Desafios contemporâneos sobre currículo e escola básica (pp. 13-24). Curitiba: Editora CRV.

68. Sousa, J. M. (2012). Lehrerbildung in Frankreich, Italien, Spanien und Portugal. In W. Hörner. Lehrerbildung in Frankreich, Italien, Spanien und Portugal. Institut für Internationale Pädagogische Forschung Frankfurt and Berlin.

67. Sousa, J. M. (2011). Trabalho docente. Contextos e práticas. Professor de outrora, professor de agora. In C. Reis. Actas do XI Congresso da SPCE. Investigar, Inovar e desenvolver: Desafios das Ciências da Educação. Guarda: IPG. ISBN: 978-972-8681-35-7.

66. Sousa. J. M. (2011). Um modelo complexo do ato educativo. In M. J. Cardona & R. Marques (Org.). Da autonomia da escola ao sucesso educativo (pp. 215-228). Chamusca: Edições Cosmos/ESE de Santarém.

65. SANTOS, C. P. & Sousa, J. M. (2011). As dinâmicas desenvolvidas pela liderança escolar na operacionalização da participação das famílias: Um estudo de caso. In C. N. FINO & J. M. SOUSA (Org.). Pesquisar para mudar (a educação) (pp. 141-158). Funchal: CIE-UMa.

64. Sousa, J. M. (2011). Criação de conhecimento em contexto de pós-modernidade. In C. N. Fino & J. M. Sousa (Org.). Pesquisar para mudar (a educação) (pp. 65-85). Funchal: CIE-UMa.

63. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2010). L’innovation pédagogique vue de l’intérieure, REEE n° 6. Hommage à Georges Lapassade, pp. 189-194.

62. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2010). PORTUGAL: Das portugiesische Bildungssystem. In Döbert, H. & al. (Hrsg.). Die Bildungssysteme Europas. (pp. 587-599). Baltmannsweiler: Schneider Verlag Hohengehren.

61. Fraga, N. & Sousa, J. M. (2009). A dimensão europeia da educação: percursos alternativos de acolhimento. In L. Rodrigues & P. Brazão (Orgs.) Políticas Educativas: Discursos e Práticas (pp. 207-234). Funchal: CIE-UMa.

60. Sousa, J. M. (2009). O direito à educação: entre o discurso e a prática. In L. Rodrigues & P. Brazão (Orgs.) Políticas Educativas: Discursos e Práticas (pp. 103-118). Funchal: CIE-UMa.

59. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2008). As TIC abrindo caminho a um novo paradigma educacional. Revista Educação & Cultura Contemporânea, 5 (10), 11-26.

58. Sousa, J. M. (2008). Que espaço para o professor na definição de políticas educativas e curriculares? In J. M. Sousa (Org.). Educação para o sucesso: Políticas e actores. (pp. 220-227). Porto: LivPsic.

57. Sousa, J. M. (2007). A etnografia ao serviço do currículo. In Actas do VII Colóquio sobre Questões curriculares (III Colóquio Luso-Brasileiro sobre Questões Curriculares) "Globalização e (des)igualdades: os desafios curriculares". Braga: Universidade do Minho.

56. Sousa, J. M. (2007). Que currículo para a pós-modernidade? In Actas do VIII Congresso da SPCE, “Cenários da educação/formação: Novos espaços, culturas e saberes". Castelo Branco: SPCE.

55. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2007). Inovação e incorporação de novos saberes: o desenho curricular de um mestrado em Inovação Pedagógica. In Actas do VIII Congresso da SPCE, “Cenários da educação/formação: Novos espaços, culturas e saberes". Castelo Branco: SPCE.

54. Sousa, J. M. (2007). A inadequação da escola num cenário de transição paradigmática. In J. M. Sousa & C. N. Fino (Org.). A escola sob suspeita. (pp. 15-29). Porto: Edições ASA.

53. Sousa, J. M. & Fino , C. M. (Orgs.). (2007). A escola sob suspeita. Porto: ASA Editores.

52. Sousa, J. M. (2007). Il professore come persona. Lecce: Edizioni Pensa Multimedia.

51. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2007). Portugal. In W. Hörner & al. (Eds.). The Education Systems of Europe. (pp. 607-625). Dordrecht: Springer.

50.  Sousa, J. M. (2006). A Universidade da Madeira e o Processo de Bolonha. Um contributo de Jesus Maria Sousa. In http://bolonha.uma.pt/?p=109

49. Sousa, J. M. (2005). Comentário à Conferência de Philippe Perrenoud.  Diversidades, 3 (10), 19-23.

48. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2005). Distribuição de uma "Biblioteca Essencial de Literatura Madeirense" pelas escolas da RAM: legitimidade ou arbitrariedade curricular? In J. C. Morgado & M. P. Alves (Orgs.). Mudanças educativas e curriculares... e os Educadores/Professores? (pp. 329-349). Braga: Centro de Investigação em Educação. Departamento do Currículo e Tecnologia Educativa. Universidade do Minho.

47. Fino , C. M. & Sousa, J. M. (2005). As TIC redesenhando as fronteiras do currículo. Revista Educação & Cultura Contemporânea, 2 (3), 53-66.

46. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2005, 22 Julho). A aposta na Educação Sénior. Construção de uma nova profissionalidade. I-IV.

45. Sousa, J. M. (2005, 8 Julho). Abertura da UMa aos países de língua portuguesa: O caso da Inovação Pedagógica no Brasil. I-IV.

44. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2005, 24 Junho). Um Mestrado em Inovação Pedagógica. I-V.

43. Sousa, J. M. (2004, 30 Julho). Professores do 1.º ciclo e Educadores de Infância. Pode a RAM dar-se ao luxo de não os formar? Tribuna da Madeira. Educação. I-VI.

42. Sousa, J. M. (2004). Educação: textos de intervenção. Funchal: Editora Liberal.

41. Sousa, J. M. & Fino , C. N. (2004, 13 Fevereiro). Distribuição de uma "Biblioteca Essencial de Literatura Madeirense" pelas escolas da RAM: legitimidade ou arbitrariedade curricular? Tribuna da Madeira. Educação. I-VI.

40. Sousa, J. M. (2004, 23 Janeiro). Um currículo ao serviço do poder? Tribuna da Madeira. Educação. I-IV.

39. Sousa, J. M. (2003). O currículo à luz da etnografia. Revista Europeia de Etnografia da Educação, 3, 119-125.

38. Sousa, J. M. (2003). (Org.). Revista Europeia de Etnografia da Educação, 3.

37. Fino , C. N. & Sousa, J. M. (2003). Alterar o currículo: mudar a identidade. Revista de Estudos Curriculares, I (2), 233-250.

36. Fino , C. N. & Sousa, J. M. (2003). As TIC redesenhando as fronteiras do currículo. Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación, 8 (10), 2051-2063.

35. ATEE-RDC19 (SNOEK, M. et al.). (2003). Scenarios for the Future of Teacher Education in Europe. European Journal for Teacher Education, 26 (1), 21-36.

34. ATEE-RDC19 (SNOEK, M. et al.). (2003). Reflections on Trends in Teacher Education in Europe Using the Scenario Perspective. European Journal for Teacher Education, 26 (1), 137-142.

33. Sousa, J. M. (2003). Walls to be demolished: a reflection from a critical perspective. Becoming Teachers in a learning Organisation – meeting the Challenges of the learning Society. (CD-Rom). Malta: Malta University.

32. Sousa, J. M. (2003). Teacher Education in Portugal: analysing changes using ATEE-RDC19 scenario methodology. European Journal for Teacher Education, 26 (1), 77-86.

31. Sousa, J. M. (2003). Os Jesuítas e a Ratio Studiorum: as raízes da formação de Professores na Madeira. Islenha, 32, 26-46.

30. Fino , C. N. & Sousa, J. M. (2002). O Manifesto para a Educação da República: avaliar o sistema educativo no “tribunal” da praça pública? In J. A. Costa, A Neto-Mendes, & A. Ventura (Orgs.). Avaliação de Organizações Educativas. (pp. 93-102). Aveiro: Universidade de Aveiro.

29. ATEE-RDC 19 (2002). Round-table Introduction. Scenarios for the Future of Teacher Education in Europe. Proceedings from the 26th Annual Conference of the ATEE (pp. 65-99). Stockholm: Stockholm Institute of Education and Stockholm Institute of Education Press.

28. Sousa, J. M. (2002). O papel do professor face à tensão entre globalização e diversidade. In M. F. Patrício (Org.). Globalização e Diversidade. A Escola Cultural, uma resposta. (pp. 307-310). Porto: Porto Editora.

27. Sousa, J. M. (2002). Future scenarios in the context of global and local dynamics. JISTE (Journal of the International Society for Teacher Education), 6 (2), 49-56.

26. Sousa, J. M. (2002). Formação Inicial de professores na Irlanda. In http://www.inafop.pt/jornal/d_praticas.html

25. Sousa, J. M. (2002). Em busca de uma teoria da Pessoa: relato de uma investigação. In A. Estrela, & J. Ferreira (Orgs.). Indisciplina e Violência na Escola. (pp. 617-626). Lisboa: AIPELF/AFIRSE e Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de

24. Sousa, J. M. (2002). As dinâmicas do global e do particular: o dilema do currículo. In M. Fernandes, & outros (Orgs.). O particular e o Global no Virar do Milénio: Cruzar saberes em Educação. (pp. 699-706). Lisboa: Edições Colibri / Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação.

23. Sousa, J. M., & Fino , C. (2001). As TIC abrindo caminho a um novo paradigma educacional. In B. D. Silva, & L. S. Almeida (Orgs.). Actas do VI Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia. Vol. I. (pp. 371-381). Braga: Centro de Estudos em Educação e Psicologia. Universidade do Minho.

22. Sousa, J. M. (2001, 6 Julho). Professor: uma Profissão? O papel da instituição formadora. Tribuna da Madeira. Educação. 13-16.

21. Sousa, J. M. (2001). Un regard ethnographique sur l’école. Revue Européenne d’Ethnographie de l’Education, 1 (1), 81-87.

20. Sousa, J. M. (2000, 4 Agosto). Que formação de Professores? Tribuna da Madeira. Educação. 14-15.

19. Sousa, J. M. (2000). A Universidade da Madeira e o novo ciclo de desenvolvimento da Região. Tribuna da Madeira. Educação. 21-23.

18. Sousa, J. M. (2000). O Professor como Pessoa: um testemunho particular de investigação. Correio da Educação. 29. 1-2.

17. Sousa, J. M. (2000). O professor como pessoa: implicações para uma prática pedagógica. Correio da Educação. 52. 1-2. (Revista do Centro de Recursos de Informação e Apoio Pedagógico da ASA).

16. Sousa, J. M. (2000). O Professor como Pessoa. Porto: ASA Editores.

15. Sousa, J. M. (2000). O olhar etnográfico da escola perante a diversidade cultural. PSI (Revista de Psicologia Social e Institucional), 2 (1), 107-120.

14. Sousa, J. M. (2000). Education Policy in Portugal: Changes and Perspectives. Education Policy Analysis Archives, 8 (5). Web site: http://epaa.asu.edu/epaa/v8n5.html

13. Sousa, J. M. (2000). Les scénarios : un sens projectif pour l’organisation de l’enseignement. In P. Boumard, & R.-M. Bouvet (Eds.).  L’universel et le singulier. L’éducation comme dialectique : expériences et recherches. (pp. 74-79). Rennes : AFIRSE. Université Rennes 2– Haute Bretagne.

12. Sousa, J. M. (2000). Currículos alternativos: um olhar etnográfico. In  A. Estrela, & J. Ferreira (Orgs.). Diversidade e Diferenciação em Pedagogia. (pp. 116-122). Lisboa: AFIRSE Portuguesa. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Universidade de Lisboa.

11. Sousa, J. M. (2000). Conférence collective: l'approche ethnographique face à la dialectique universel/singulier. Pourquoi l'enseignant doit devenir un ethnographe? In P. Boumard, & R.-M. Bouvet (Eds.). L'universel et le singulier. L'éducation comme dialectique: expériences et recherches. (pp. 39-40). Rennes: AFIRSE: Université Rennes 2 - Haute Bretagne.

10. Sousa, J. M. (1999, 9 Outubro). Ensino universitário e inserção na vida activa numa perspectiva de igualdade de oportunidades. Tribuna da Madeira. Educação. 24-27.

9.  Sousa, J. M. (1999). The Portuguese experience. In E. Giedraitiene, & A. Rauckiene (Orgs.). Changing Education in a Changing Society. (pp. 69-73). ATEE. Klaipeda University.

Lisboa.

8.  Sousa, J. M. (1999). Personal dimension in teacher education. Web site: http://www.atee.org

7.  Sousa, J. M. (1999). Desenvolvimento e Formação dos alunos em percurso de Alta Competição. Painel Desportivo. 3 (10). 6-10.

6.  Sousa, J. M. (1998). La dimension personnelle dans la formation des enseignants. In K. Byrne, & M. Garofalo. (Orgs.). Teacher Education in 21st century. ATEE 23rd Annual Conference. (pp. 512-529). Limerick: ATEE. Mary Immaculate College.

5.  Sousa, J. M. (1997). Investigação em Educação: Novos Desafios. In A. Estrela, & J. Ferreira. (Orgs.). Métodos e técnicas de investigação científica em educação. (pp. 661-672). Lisboa: AFIRSE Portuguesa. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Universidade de Lisboa.

4.  Sousa, J. M. (1996). La dimension personnelle dans l’identité de l’enseignant. Les représentations des acteurs dans le monde de formation. In A. Estrela, R. Canário, & J. Ferreira (Orgs.). Formação, Saberes Profissionais e Situações de Trabalho. Vol. 1. (pp. 429-441). Lisboa: AFIRSE Portuguesa. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Universidade de Lisboa.

3.   Sousa, J. M. (1995). La dimension personnelle dans la formation des enseignants de l'enseignement de base du premier cycle à Madère Tese de doutoramento. Lille: Atelier National de Reproduction des Thèses.

2.   Sousa, J. M. (1986). Aproximação a um estilo de ensino através de uma análise funcional das interacções verbais. Dissertação de Mestrado. Policopiado. Funchal/Braga: Unidade de Ciências da Educação. Universidade do Minho.

1.   Sousa, J. M. (1982). Diagnostic Test for second year students. In Newsletter for Portuguese Teachers of English, IV (1), 1-8.

 

Página Inicial